Pesquise nome assunto

pesquise aqui nome ou assunto desejado.
Quem entra nessa de genealogia é preso pelos antepassados nos seus tempos e de lá não consegue mais sair!
Fazer pesquisas genealógicas e fazer uma viagem no tempo.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Zarco, nosso avô judeu mais antigo.

A FAMÍLIA E A CASA DE JOÃO GONÇALVES ZARCO - MARIA ANITA TEIXEIRA

Bem, alguns negam essa origem, porém outros dizem que ele era sim um "cristão novo".

Publish at Calameo

Clique na figura para conhecer a publicação sobre esse nosso longínquo ancestral, provavelmente de origem judaica e contemporâneo, como dizem alguns, de Isaac Abravanel, judeu espanhol de renome que foi expulso daquele país com a Inquisição Espanhola, uma mancha na história da humanidade.

Leia mais sobre Zarco nos links abaixo:


terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Página de obra antiga de Manuel Soeiro ou ' Emanuel Sueyro ' Los Anales de Flandes, onde cita a origem dos Leme(s) de Martin Lems.



Em resumo: a página do livro de Manoel Soeiro (Emanuel Soeyro) cita a origem dos Leme(s) como sendo de Martim Lems e dama da família Barroso, pais de Antônio e Martim Leme, sendo que, através de um desses filhos (Antônio) o clã de recebeu honrarias de fidalgos, através de um escudo próprio que ainda hoje é usado como nosso símbolo. Cita que Martin Lems (Maerten Lem, como apuramos mais tarde nos trabalhos de Wil e Ruud Lem) era da cidade de Berghes (Bruges) em Flandes, Bélgica, flamengo que prestou grandes serviços ao rei de Portugal.
Maerten Lem era mercador e possuidor de embarcações que foram usadas batalhas por Portugal.

domingo, 3 de janeiro de 2016

Armazem de nosso parente Amâncio Lemes em Alfenas. Alguém sabe o endereço correto?

Contam alguns membros da família, dele parentes mais próximos, que esse Lemes se tornou um próspero comerciante na cidade de Alfenas no ramo do café. Ele tentou ajudar alguns dos seus parentes da terra natal de Cambuquira. Dizem que comprou uma fazenda no Triângulo Mineiro e para lá enviou alguns sobrinhos ou primos.
Contam que ele participou da fundação de um banco regional onde tinha grande participação.
Casado, não deixou herdeiros diretos e sua fortuna deixou em testamento para sobrinhos da esposa.
Consultando um parente nascido naquela cidade, ele tem opinião que Amâncio Lemes era esse aí de terno escuro ao lado de outro homem, talvez seu irmão ou empregado de confiança.

Esse armazém que figura n foto, conforme nos informou nosso parente João Alfredo Costa, ficava numa rua paralela à antiga via férrea, hoje Av. Lincoln Silveira (provavelmente Lincoln Westin da Silveira). Contou-nos também que o banco fundado por ele ficava na Rua Ruy Barbosa ou Benjamin Constant (atual Sara Engel) .Amâncio Lemes também o nome de uma rua em Alfenas, dado em sua homenagem, a pedido de seu afilhado Gilberto Alves Madeira, já que ele fora um dos benfeitores daquela cidade.. Já em Lorena-SP, consta o nome de Amâncio Lemes de Figueiredo, que diz também ter alguma ligação com ele como sobrinho indireto, isto é, sobrinho da esposa.




sábado, 19 de dezembro de 2015

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

MAERTIN LEM - Agora nossa história ficou mais clara.

Maerten ou Maertin Lem, nosso mais remoto antepassado, sempre nos levou a dúvidas: uma se ele era o mesmo que figurava como casado com um belga de nome Adrienne, ou que fossem dois indivíduos de mesmo nome, ou até mesmo que aquele que tivera filhos com a portuguesa chamada Leonor Rodrigues fosse filho de um Maertin Lem e Adrienne van Nieuwenhove. 
Agora, com a ajuda do pesquisador Belga Wil Lem que com o seu primo Ruud Lem escreveram e editaram a Genealogia Geminiana, onde demonstram o grande trabalho de pesquisa que fizeram desvendando os mais diversos troncos dos Lem, nossos parentes nos países baixos (Holanda e Bélgica), Alemanha, França e outros países.

Publico abaixo o e-mail que Wil me enviou com anexos, que posteriormente vou postar nos blogs dedicados a nossa grande família.

Dear Gilberto,

In 2008 Margarida Leme published her essay Os Lemes - um percurso familiar de Bruges a Malaca in which she wrote that there was only one Maertin Lem in Portugal and Bruges.
That was the start d a big discussion about the two theories about the relation between Maertin Lem I and II or Maertin the merchant in Portugal and Maertin the politician in Bruges.
In 2013, I have tried to explain these two existing theories about the descent of Maertin Lem.
See annex: Theories about the descent of Maertin Lem.docx.
I also discussed the existence of Joanna Lem. 
see annex: phantom Joanna.

This year a collection genealogies made by Johannes Masin (1631-1695) was inventoried and there we found clearly explained that ‘ecoutette' Maertin Lem who was married in Bruges with Adrienne van Nieuwenhove had naturel children with Leonor Rodrigues.
At that moment all the puzzles pieces came together.
Our conclusion in 'Theories about the descent of Maertin Lem' was correct.

With al this information I wrote the history of Maertin Lem, only based on proven facts.
see annex Lem.
Another annex (gezin Maertin) gives Maertin Lem and his children. 
I hope this is useful for you on your blog of the Leme family.

When you have any questions, pleas ask.

Kind regards,

Wil

Tradução:

Caro Gilberto,

Em 2008 Margarida Leme publicou seu ensaio Os Lemes - Um Percurso familiarizado de Bruges a Malaca, no qual ela escreveu que havia apenas um Maertin Lem em Portugal e Bruges.
Esse foi o início da grande discussão sobre as duas teorias sobre a relação entre Maertin Lem I e II ou Maertin o comerciante em Portugal e Maertin o político em Bruges.
Em 2013, eu tentei explicar essas duas teorias existentes sobre a descida do Maertin Lem.
Ver anexo: Teorias sobre a descida do Maertin Lem.docx.
Eu também discutiu a existência de Joanna Lem.

ver anexo: fantasma Joanna.

Este ano a genealogias coleção feita por Johannes Masin (1631-1695) foi inventariado e lá encontramos claramente explicado que "ecoutette 'Maertin Lem quem se casou em Bruges com Adrienne van Nieuwenhove teve filhos naturel com Leonor Rodrigues.

Naquele momento, todas as peças de quebra-cabeças veio junto.
Nossa conclusão em 'Teorias sobre a descida do Maertin Lem "estava correta.
Com esta informação ai eu escrevi a história da Maertin Lem, apenas com base em fatos comprovados.

ver anexo Lem.

Outro anexo (gezin Maertin) dá Maertin Lem e seus filhos.
Espero que este seja útil para você em seu blog da família Leme.

Quando você tiver alguma dúvida, pergunte fundamentos.


Atenciosamente,

Will Lem 

sábado, 27 de junho de 2015

sábado, 16 de maio de 2015

terça-feira, 5 de maio de 2015

Quem sou eu

Minha foto
Servidor Público, Bel em Direito, gosto de genealogia.