Pesquise nome assunto

pesquise aqui nome ou assunto desejado.
Quem entra nessa de genealogia é preso pelos antepassados nos seus tempos e de lá não consegue mais sair!
Fazer pesquisas genealógicas e fazer uma viagem no tempo.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

TOMÉ MARTINS RIBEIRO

A foto ao lado é de Tomé Martins Ribeiro, casado com Maria Inácia de Jesus (de Lima), os pais de Escolástica Joaquina da Ribeira, também citada como Escolástica Joaquina do Monte Cassino (conforme pesquisa realizada por Bartyra Sette no Projeto Compartilhar)que foi casada com Vicente da Silva Leme. Portanto Tomé e Maria Inácia foram os avós dos primeiros a assinar Lemes (com "s")no município de Campanha e depois Cambuquira.
Para recordar, os netos de Tomé Martins Ribeiro: José Vicente da Silva Lemes, Antônio Joaquim da Silva Lemes, Tomé da Silva Lemes, João Evangelista da Silva Lemes e outras filhas.
Os outros filhos de Tomé M.Ribeiro foram: Bárbara Perpétua Emiliana, Maria Inácia de Lima,Tomásia Martins Ribeiro e Tomé Martins Ribeiro.
Tomé M.Ribeiro (filho) se casou com Maria Joaquina da Silva, filha do Furriel José da Silva Leme e de Rosa Maria Goulart (ou Gularte) e são os avós dos Martins Ribeiro ou Martins sendo que, provavelmente alguns descendentes desses dois podem ter herdado o sobrenome goulart ou Gularte existentes na comunidade cambuquirense.

Tomé Martins Ribeiro( o pai), viúvo de Maria Inácia, se casou com Antônia Marcelina da Silva, natural de Lavras ( do Funil). O Tomé (pai) é confundido por alguns historiadores que o apontam como o fundador de T.corações, no lugar de seu tio Tomé Martins da Costa, do qual foi administrador do espólio por ocasião de sua morte.

Para voltar à página principal clique aqui

3 comentários:

Facer disse...

Olá, achei bem interessante este blog da familia Lemes. tem muita informação precisa...

Parabems, gostei muito.

Ah, eu tbm sou um LEMES e estou em Goiás....

Valterclei Gonçalves Lemes

Adriana disse...

Ola,

Estou montando a árvore genealógica de minha família e acredito que você possa me ajudar. Em vários momentos os Silva Lemes aparecem em minha árvore, como parentes ou aparentados (contra-parentes), mas apenas em um caso achei referência precisa em seu blog para me ajudar a seguir com a árvore.

Vejamos algumas referências aos Silva Lemes em que, se você puder, eu gostaria de ajuda (ou que achei em seu blog e já dei processquimento)

* (parcialmente resolvido) Marília Vilhena Almeida (filha de meu tio avó por parte de pai) se casou com Daniel da Silva Lemes, cuja genalogia tracei até o Capitão Cláudio com ajuda de seu blog. Na descendência, listei apenas os filhos(5) e alguns casamentos, não tendo conhecimento até o momento de netos e eventuais bisnetos de Marília.
* Minha bisavó (por parte de avó paterna) se chamava Amália da Silva Lemes e com Antônio da Silva Passos tiveram, até onde sei, 3 filhas. Maria Aparecida Almeida, minha avó, se casou com Manoel Almeida Santos. Minha tia avó, que era conhecida como "Dona" casou-se com Abel Almeida, que vem a ser irmão de meu avô paterno. A terceira irmã, conhecida como Fiota casou-se com "Jote" Carvalho. A Descendência das 3 se encontra bem adiantada, chegando em alguns casos aos tataranetos, com alguns espaços a serem preenchidos ainda.
* Ildefonso da Silva Lemes casou-se com Wanda Carvalho, a filha de minha tia avó (justamente a tia "Fiota" mencionada acima, que seria filha de uma Silva Lemes). Embora tenha encontrado várias referências a Ildefonsos em seu blog, não consegui localizar esse em particular (que teve 3 filhos, Augusto, Elizabeth e Ildefonso filho, cuja descendencia, dos 3, está razoavelmente adiantada também).

O que começou como uma brincadeira, agora é quase uma mania em minha família, mas como estivemos muito tempo afastados de Cambuquira, tem sido difícil traçar algumas relações, principalmente as mais antigas, ou as de Almeidas originais que sairam da cidade há muito tempo. Então qualquer ajuda será muito bem vinda.

Grata pela atenção e agradecendo antecipadamente qualquer informação que você tenha,
Adriana M. Almeida

silva lemes disse...

ANALISANDO MELHOR AGORA, DEPOIS DE MUITAS PESQUISAS, TENHO COMIGO QUE ESTE TOMÉ MARTINS RIBEIRO DA FOTO SEJA O FILHO DE TOMÉ MARTINS RIBEIRO, NOSSO AVÔ CASADO COM MARIA INÁCIA DE LIMA COMO ESTÁ NO TEXTO.
Essa opinião se deve ao fato que naqueles tempos a fotografia era algo muito raro, principalmente nessa região. Fotografar era algo custoso e dependente de técnica apurada, revelação em vidro, etc.
Essa é a minha opinião.

Quem sou eu

Minha foto
Servidor Público, Bel em Direito, gosto de genealogia.