Pesquise nome assunto

pesquise aqui nome ou assunto desejado.
Quem entra nessa de genealogia é preso pelos antepassados nos seus tempos e de lá não consegue mais sair!
Fazer pesquisas genealógicas e fazer uma viagem no tempo.

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2007

Quem foi Antônio Joaquim da Silva Lemes?

Antônio Joaquim da Silva Lemes, o segundo filho de Vicente da Silva Leme e Escolástica Joaquina do Monte Cassino (Martins Ribeiro), casou-se com Feliciana Maria de Jesus (Borges da Costa).
Conforme conta Dr. José Guimarães, seu bisneto, com base em dados coletados em suas pesquisas e de Monsenhor Lefort, padre de Campanha - mg, ele nascera em 13 de março de 1808, portanto faria se estivesse vivo no ano que vem 200 anos.

"Consta no registro da Guarda Nacional da Campanha, no ano de 1860 que estava inscrito na reserva por ser de idade avançada, tendo as seguintes qualificações: nascido em 1808, natural de Campanha, casado, com filhos, lavrador, 58 polegadas de altura cabelos pretos e olhos pardos."

Se essa era a mesma a altura de nosso avô distante, quase ninguém puxou a ele. Pois, isso dá 1 metro de 47 cm. Assim, creio que há algum erro nessa medida já que, por exemplo, sua neta D.Efigênia tinha uma boa estatura como mulher. E, mesmo os seus bisnetos (filhos de D.Efigênia) passam longe dessa medida.

Continua a descrição do primo Guimarães:

"Bernardo Saturnino da Veiga, escrevendo sobre Cambuquira no Almanaque Sul Mineiro de 1874, disse que um dos benfeitores do lugar chamava-se Antônio Joaquim da Silva Lemes, que ainda vive."

Os benefícios por ele prestados a nossa cidade foram: a edificação da primeira e pequeninha capela dedicada a São Sebastião, e construção do primeiro cemitério que existia no lugar onde hoje se localiza o ex-Colégio São José, Casa do Neto e Salão Paroquial. Essa notícia foi transcrita por Nelson de Sena, no Anuário de Minas Gerais de 1913, com alteração do nome do benfeitor.
Já Dr.Tomé e Manoel Brandão afirmam em sua obra que além dele, outros irmãos e membros da comunidade também ajudaram na obra da Igrejinha.

Nosso avô que morava em Campanha, construiu o primeiro sobrado na Rua Direita, esquina da Rua João Silva (hoje, parte do Hotel Santos Dumont) para onde se mudou com a família.
Ele faleceu em 1879, e seu inventário foi processado em Campanha.

Dele descende diretamente Cláudio Amâncio da Silva Lemes, Capitão Cláudio, que deixou sua geração através de uma filha natural, D.Efigênia de Azevedo Lemes, depois seus filhos, seus netos e bisnetos, entre os quais os três filhos do administrador deste blog.

Fontes: Cambuquira, por Manoel e Tomè Brandão;
As três Ilhoas - José Guimarães.

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Servidor Público, Bel em Direito, gosto de genealogia.